Categorias
SLIDE

Após morte de detento nesta sexta dentro do presídio, CPP Palmas suspende visitas

Um detento foi morto e outro ferido em duas brigas que ocorreram em momentos distintos dentro da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) nesta sexta-feira, 19. Por causa das confusões, o Sistema Penitenciário suspendeu as visitas deste sábado, 20, no Pavilhão A, em acordo com a Lei de Execução Penal (LEP) e os procedimentos de segurança da unidade prisional.

Conforme a Secretaria da Cidadania e Justiça (Seciju) “trata-se de uma medida preventiva formalmente informada ao Poder Judiciário, à Defensoria Pública do Estado e ao Ministério Público Estadual. Isso se dá em função da ocorrência envolvendo dois reeducandos nesta sexta-feira, 19, quando, após desavenças no interior da carceragem, um foi morto e outro ferido”.

Morreu o reeducando Daniel Aráujo Cardoso, 23 anos, e o Sistema Penitenciário Prisional (Sispen) informou que já providenciou encaminhamento ao Instituto Médico Legal (IML), para que o corpo seja liberado para a funerária e a família.

O reeducando ferido, Antônio Railson Chaves Arnold, 24 anos, está na Sala Vermelha do Hospital Geral de Palmas (HGP).

“O Sispen abriu Procedimentos Administrativos Disciplinares (PADs) para apurar causas e circunstâncias, e não pode ainda dizer se há relação entre as agressões sofridas por ambos”, informou a Seciju à imprensa.

Situação criminal dos reeducandos

Daniel Aráujo Cardoso, 23 anos, preso condenado a regime fechado com pena de 19 anos de reclusão pelos crimes previstos nos artigos 147, 163, 331 e 157.

Antônio Railson Chaves Arnold, 24 anos, preso provisório pelos crimes previstos nos artigos 33, 40, 35 e 157.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *