Categorias
MUNDO

Casa Branca condena “envolvimento” do governo de Maduro na morte de opositor Comente

A Casa Branca condenou nesta quarta-feira (10) “o envolvimento” do governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, na morte do opositor Fernando Albán, no último dia 8, quando estava sob custódia das autoridades do país.
Veja também:

ONU e União Europeia pedem investigação sobre morte de opositor
Itamaraty exige investigação sobre morte de opositor venezuelano
Crise na Venezuela: Caracas tenta a normalidade

“Os Estados Unidos condenam o envolvimento do regime de Maduro na morte do vereador da oposição venezuelana Fernando Albán”, afirmou a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, em comunicado.

O vice-presidente americano, Mike Pence, também publicou uma mensagem condenando o ocorrido.

“Condenamos nos termos mais fortes a morte do membro da oposição venezuelana Fernando Albán nas mãos do regime de Maduro. O regime continua a matar inocentes e os que defendem a democracia. Permanecemos com o povo venezuelano e exigimos a libertação dos presos políticos”, escreveu Pence no Twitter.

A porta-voz da Casa Branca lembrou que as autoridades venezuelanas detiveram o político no dia 5, “após seu retorno da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), onde ele falou ao mundo sobre a importância de devolver a democracia ao povo da Venezuela”. Três dias depois, enquanto estava na sede do Serviço de Inteligência da Venezuela, morreu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *