Categorias
TOCANTINS

Projeto de Educação Financeira começa com live sobre empréstimo consignado

A especialista alertou os servidores sobre o ciclo do endividamento causado pela facilidade de crédito

Uma iniciativa entre órgãos do Governo do Tocantins o Projeto de Educação Financeira pretende levar informações aos servidores.

Promover a educação financeira, estimular o consumo consciente e prevenir o endividamento. Estas são algumas das propostas inovadoras do projeto de Educação Financeira idealizado pelo Governo do Tocantins. O lançamento aconteceu na manhã desta segunda-feira, 15, em evento alusivo ao Dia Mundial do Consumidor, transmitido pela live no canal do youtube da Unitins e contou com a palestra da economista do Instituto de Defesa do Consumidor, Ione Amorim.

O Projeto Educação Financeira, Consumo Consciente e Prevenção do Endividamento, aos Servidores Públicos Estaduais, é resultado da união de esforços entre cinco Pastas, Secretaria da Administração (Secad); Secretaria da Cidadania e Justiça (Jeciju) por meio da Superintendência do Procon; Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev); Secretária da Comunicação (Secom) e Universidade Estadual do Tocantins (Unitins). Na ocasião os representantes de cada órgão assinaram simbolicamente, o Acordo de Cooperação Técnica para a execução do projeto.

Para o secretário da Administração, Bruno Barreto, o Projeto visa levar conhecimento aos servidores sobre educação financeira. “Nossos objetivos consistem em prevenir o endividamento, estimular o consumo consciente e proporcionar condições para tomada de decisão assertiva, em relação ao cenário financeiro no qual o servidor se encontra, bem como esclarecer sobre as modalidades de empréstimo consignado e suas consequências”, enfatiza o secretário.

O vice-governador, Wanderlei Barbosa, destacou a importância do Projeto para todos os servidores e cidadãos tocantinenses.  “A iniciativa do Governo é justamente para fazer esse acompanhamento orçamentário e essa informação precisa chegar a todos os níveis sociais, para que também a iniciativa privada oriente seus trabalhadores, queremos orientar todos os tocantinenses. Quero parabenizar a iniciativa de todos os órgãos por esse Projeto e ao Governo do Estado por está compreendendo a grande importância desse assunto”, ressaltou.

Equilíbrio nos gastos

O Projeto visa informar os consumidores servidores públicos do Estado do Tocantins, bem como possíveis usuários do empréstimo consignado, oferecendo melhor proveito do benefício, por meio de capacitação. A educação financeira é uma modalidade importante para equilíbrio monetário que interfere diretamente no bem-estar do indivíduo.

De acordo com o Superintendente do Procon, Walter Viana, esse projeto busca gerar uma cultura de planejamento financeiro a longo prazo. É voltado à educação financeira quanto ao equilíbrio da facilidade de crédito e a capacidade de orçamento familiar de cada servidor. “É importante desenvolver hábitos de controle financeiro, e através dessa nova política de crédito consigno que o Governador Mauro Carlesse propiciou a todos os servidores, junto com o lançamento desse projeto pioneiro de Educação Financeira, pretendemos desenvolver um futuro financeiramente confortável para os servidores que necessitarem usar esses recursos”, frisou.

O superintendente lembra que o Direito do Consumidor é instrumento valioso de cidadania e de desenvolvimento, que visa assegurar a proteção ao consumidor e promover a harmonia das relações de consumo.

Para o presidente do Igeprev, Sharlles Fernandes, o projeto veio em um momento oportuno para balizar as ações que o Instituto já desenvolve no foco de conscientizar os servidores. “Vemos com muita pertinência esse projeto, pois permite promover o uso consciente dos recursos de modo que eles [todos servidores ativos e inativos] consigam entender as propostas dos bancos e saber se têm condições de obter um empréstimo. O papel do Igeprev é alcançar o máximo dos beneficiários sobre as informações de educação financeira”, destacou.

A Universidade Estadual do Tocantins é uma das parceiras do Projeto, o reitor Augusto Rezende, reiterou a disposição da Universidade em colocar a disposição toda a expertise, principalmente na área de tecnologia para o desenvolvimento do Projeto. “Esse projeto é totalmente engajado nas políticas de extensão, e será certificado pela nossa Universidade”, frisou.

Palestra

Compreender e administrar as finanças, por meio de planejamento de gastos e programação de metas para compras e investimentos, produz bons resultados e evita o endividamento. Foram alguns dos pontos destacados na palestra da economista e pesquisadora do Instituto de Defesa do Consumidor, Ione Amorim.

A especialista, Ione Amorim, alertou os servidores sobre o ciclo do endividamento causado por empréstimos consignados.

Entre os desafios para a iniciativa do Projeto, segundo a especialista, Ione Amorim, estão comunicar a educação financeira de forma sustentável, torná-la atraente para os servidores, num ambiente em que eles são cada vez mais atraídos por facilidades ao crédito.

Presentes

Participaram do lançamento: o vice-governador do Tocantins Wanderlei Barbosa, o secretário da Administração Bruno Barreto, o secretário da Comunicação Élcio Mendes, o superintendente do Procon-TO Walter Viana, o reitor da Unitins Augusto Rezende,  o presidente do Igeprev Sharlles Fernandes e contou com mediação da jornalista Charlyne Suerte.

Wanderson Gonçalves/Governo do Tocantins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *