Categorias
Uncategorized

Lavrador que mora abaixo de represa que ajudou a construir diz ter medo de rompimento

O lavrador José Belarmino foi um dos homens que trabalhou na construção de uma represa entre as cidades de Palmeiras do Tocantins e Darcinópolis, no norte do estado, na década de 1980. Na época ele não tinha como imaginar que quase 40 anos depois a obra seria motivo de preocupação. É que ele mora no assentamento Destilaria, que fica abaixo da barragem, e uma vistoria indicou que existe risco de rompimento da estrutura.

“Se estourar nós vamos por água abaixo, porque ela leva nós todos e acaba com tudo. E não sobra nada, nós ficamos só com a vida, se Deus quiser”, diz o trabalhador.

Ele não é o único. O trabalhador rural Joaquim Alves, vizinho de Belarmina, afirma já ter visto vazamentos no local. “Se não fizer [a reforma] ela arrebenta lá em cima e aqui, porque ela está vazando”, diz ele.

Moradores temem que represa se rompa no norte do estado — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O problema também foi constatado pelas prefeituras das duas cidades. “O que a gente pode fazer é o serviço de tapa-buracos para evitar um desastre. Estes moradores não dormem mais a noite, preocupados com a situação”, diz o prefeito de Darcinópolis, Jakson Soares (PTB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *