RADIOCOM do Paraná adota o modelo FARCOM/Tocantins e criam a FARCOM/Paraná

No último sábado, dia 18 de maio, em Curitiba/PR aconteceu a Assembleia Geral da APRACOM – Associação Paranaense de Rádios Comunitárias, entidade constituída em 2015 que tem 175 rádios comunitárias filiadas, onde por unanimidade foi aprovada a alteração para FARCOM/PR – Federação das Associações de Rádios Comunitárias do Estado do Paraná.

A mudança foi para adotarem o mesmo modelo de atuação e representatividade da FARCOM/Tocantins, entidade que está conseguindo a união e o fortalecimento do sistema RADIOCOM, por meio de um alinhamento com as entidades filiadas.

Com a realização do programa A VOZ DO TOCANTINS, veiculado diariamente pelas rádios, a federação vem se destacando e se mostrando como o maior sistema de comunicação do Estado e além disso, também busca parcerias com o Poder Público e iniciativa privada.

Ficou decidido então durante o encontro que a FARCOM/Paraná também realizará um programa único de rádio o “FALA PARANA”, que como o tocantinense também será veiculado diariamente em todas as 175 rádios filiadas, mostrando a presença das RADIOCOM em todo o Estado e assim conseguir parcerias com o Poder Público e iniciativa privada, viabilizando a entidade, trazendo recursos financeiros, oferecendo serviços e produtos para as filiadas, fortalecendo, assim, todo o sistema RADIOCOM.

Segundo o Presidente da FARCOM/Paraná, Luiz Carlos Dzulinski, esse modelo vai demonstrar a força do sistema RADIOCOM no Estado, além de permitir receber regularmente recursos do Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Sistema ‘S’, Prefeituras e Câmara Municipais, o que muito importante e inédito para as entidades do tipo.

O vice presidente da Farcom/ Paraná ressaltou: “Somente com esse modelo e alinhamento com as rádios comunitárias é que conseguiremos tornar efetivamente um sistema de comunicação forte e respeitado” disse Vandersom Vicente Dubinski.

O Presidente da FARCOM/Tocantins, Geraldo Freitas, que participou do evento em Curitiba, destacou a satisfação em ver a expansão desse modelo e acredita que através desse sistema de atuação e representatividade, as RADIOCOM conseguirão demonstrar, na prática, que são maior sistema de comunicação do Brasil, buscando então sua implantação em outros Estados brasileiros.

Fotos Redação Farcom /TO


Was This Post Helpful:

0 votes, 0 avg. rating

Compartilhar:

Deixe seus Comentario